Posts

Miami: a queridinha dos brasileiros

Praias exclusivas, recantos naturais e incontáveis possibilidades de compra fazem a viagem valer a pena.

Miami já foi a principal porta de entrada dos visitantes brasileiros nos Estados Unidos. Embora seja um destino atraente com praias charmosas e muitas atividades diurnas e noturnas, a maioria dos turistas apenas fazia uma ponte para os parques de Orlando. Com o passar dos anos, a cidade mudou, se renovou e está em constante expansão. Hoje, Miami oferece um mix variado de atrativos culturais, artísticos, esportivos, gastronômicos, compras, vida noturna e muito mais.

Miami city

No roteiro estão os bares e restaurantes de South Beach, a cultura artística de Wynwood, a energia de Downtown Miami e o sofisticado bairro de Bal Harbour, onde o “jet set” internacional se encontra em uma combinação perfeita de atividades para relaxar, curtir a praia, comprar e se informar. Situado a 15 minutos de South Beach, Bal Harbour é considerado um dos locais mais badalados de Miami. Oferece a melhor concentração de hotéis de luxo, praia e compras, fácil acesso ao Museu de Arte Moderna (MOCA) e do novo Perez Art Museum Miami (PAMM), de Wynwood e seus famosos Wynwood Walls, além de estar a menos de 30 minutos do Aeroporto Internacional de Miami e de Fort Lauderdale. Os principais pontos turísticos de Miami são as praias de Miami Beach, os museus de Arte, de Ciências e o Histórico do Sul da Flórida; o distrito histórico de Art Déco, o bairro de Coral Gables, o calçadão de Lincoln Road, o Fairchild Tropical Garden e a Casa Vizcaya.

O paraíso das compras é Miami

miami for shopping

Com boutiques de luxo de designers, lojas-conceito e outlets, Miami pode ser chamada de paraíso das compras. Entre as muitas opções estão as compras ao ar livre, onde os visitantes podem apreciar a paisagem enquanto se deliciam com as compras. Em frente à bela Baía Biscayne e rodeado por uma paisagem urbana que inclui o Porto de Miami e a Arena American Airlines, está o Bayside Marketplace com mais de 150 lojas e pequenos carrinhos e quiosques que vendem peças de artesanato, souvenirs e bijuterias. Além de um imenso Hard Rock Cafe, o lugar também oferece excelentes restaurantes de frutos do mar, carnes e cozinha latina.

Miami também reúne uma série de imensos e climatizados shopping centers e enormes outlets. Por isso, não esqueça de calçar sapatos confortáveis para encarar a aventura das compras.

Entre as principais opções destacam-se o Aventura Mall, classificado como um dos cinco shoppings mais rentáveis dos EUA. Já em Bal Harbour, o Bal Harbour Shops proporciona compras superlativas em ambientes com sofisticação tropical, em cuja lista de lojas estão Balenciaga, Carolina Herrera, Chanel, Dolce & Gabbana, Gucci, Oscar de la Renta, Ralph Lauren e muitas outras.

Please rate this

Viagem internacional: como arrumar a mala

Seguir alguns passos simples na hora de fazer a mala ajuda a ganhar espaço, contribui para que as roupas cheguem sem amassados ao destino e ainda facilita a tarefa de encontrá-las durante a viagem.

 

15 truques simples e funcionais podem fazer toda a diferença na sua mala e, claro, na viagem! Olha só:

mala de viagem

1) Faça uma lista com tudo o que pretende levar. Demora apenas alguns minutos e é a melhor forma de não esquecer nada. Para escolher as peças, leve em conta a duração da viagem, o clima no destino e o tipo de programação que deve ocorrer. Se for viajar de navio ou ficar em um resort, procure se informar sobre os eventos que estão programados e os trajes sugeridos. Escolha peças versáteis, que combinem entre si. As melhores são roupas de cores básicas, que não amassem e que possam ser usadas de dia ou de noite.

2) Melhor do que levar uma frasqueira enorme com tudo dentro é ter saquinhos ou pequenas nécessaires separadas para produtos de diferentes categorias (por exemplo, remédios, itens de maquiagem, produtos de higiene e bijuterias). Isso mantém a mala organizada e facilita encontrar as coisas quando chegar ao destino.

3) Coloque na mala as roupas sempre esticadas. Quanto menos dobras, mais espaço livre (e menos chance de a peça chegar amassada). Evite fazer rolinhos, pois eles ocupam mais espaço e deixam as peças amarrotadas.

4) Roupas mais longas e pesadas, como jaquetas e calças, devem ficar no fundo da mala. Deixe as pernas das calças para fora, alternando uma para cada lado, e vá preenchendo esse meio com roupas mais leves: vestidos, camisas, camisetas. Quando terminar de colocar todas as peças, dobre as pernas das calças por cima de tudo, para arrematar. Assim elas não vão ficar com dobras.

5) Procure dobrar as blusas abaixo da cintura. Assim, há mais chance de que a marca da dobra fique para dentro da calça ou da saia, sem aparecer.

6) Camisas e outras roupas de botão devem estar sempre abotoadas, para que amarrotem menos. No caso das camisas sociais, alterne as posições das golas: coloque uma para um lado, outra para o outro e assim por diante.

7) Roupas delicadas ou bordadas, como as de seda ou de paetês, devem ser colocadas do avesso, para que não estraguem. Jaquetas também podem ser viradas do avesso, com uma manga dentro da outra, para economizar espaço.

8) Coloque as roupas íntimas em um saco, da forma mais aberta possível, sem “socá-las”. Assim o saco fica mais chato e cabe melhor na mala. Para sutiãs e biquínis com bojo, gire uma das partes e encaixe, formando uma peça única, para não amassar.

9) Vá encaixando os sacos com bijuterias, roupas íntimas e outros acessórios nos espaços vazios que ficam entre as roupas.

10) Evite colocar sapatos e roupas íntimas em sacos plásticos. Os ideais são os de tecido, TNT (tecido não-tecido) ou tule, que permitem que as peças “respirem”.

11) Os sapatos podem ser dispostos nas laterais da mala, formando uma espécie de “cerco” que ajuda a manter as roupas no lugar. No caso de tênis esportivos e outros sapatos maiores, colocar cada pé em um saco diferente ajuda a encaixá-los. Os sapatos também podem ser dispostos na divisória disponível na parte superior de muitas malas.

12) Meias podem ir dentro dos sapatos e meias-calças dentro das botas, para economizar espaço.

13) Hidratante, xampu, desodorante e outros produtos que podem vazar devem ser colocados em sacos plásticos dentro da nécessaire. Saquinhos de cozinha usados para vedar alimentos (com fecho dentado) são ótimos para isso.

14) Se quiser economizar espaço, leve xampu, hidratante e outros produtos em frascos pequenos de plástico, próprios para viagem.

15) Leve um saco de pano ou TNT para ir colocando a roupa suja durante a viagem. Coloque as peças dobradas, para que esse saco não fique muito grande e não ocupe tanto espaço na mala de volta.

Please rate this

O universo das compras em Miami

Paraíso das compras: Miami é o destino ideal para quem deseja adquirir produtos importados com preços acessíveis

Tida como queridinha dos brasileiros, a Flórida é um dos principais destinos para quem viaja com o objetivo de fazer compras. Isso acontece porque a região abriga uma das cidades que lidera o ranking de passeios para compras: Miami.

Com uma vasta quantidade de lojas, shoppings, outlets e malls, o lugar chega a receber mais de 14 milhões de turistas por ano sendo que, deste número, cerca de 750 mil viajantes são brasileiros.  Eletrônicos, roupas, tênis, relógios e perfumes estão na lista que lidera os itens de aquisição de quem vai pra lá.

Além disso, Miami também tem uma animada vida noturna, com excelentes bares, restaurantes e baladas que vão até o raiar do sol. Há, inclusive, opções de esportes variados como vela, golfe e wakeboard, para quem não dispensa uma programação diferenciada.

Outro fator interessante do local está relacionado à nacionalidade da população residente. Aproximadamente 60% dos moradores são de origem latina, por isso, é natural encontrar atendentes que falem em português ou espanhol.

Descobrindo onde comprar em Miami

Os destinos favoritos dos brasileiros podem ser resumidos em: Dolphin Mall, Aventura Mall, Sawgrass Mills, Lincoln Road e, para quem possui um poder aquisitivo maior, o Bal Harbour Shop. Todos são referência para a compra de roupas, acessórios, eletrônicos e afins.

Shopping Lincoln - compras em Miami

Mas se você faz o estilo descolado, com certeza vai preferir a linha alternativa de compra oferecida por marcas como a C.Madeleine’s, Channel, Gucci e Delacroix, localizadas ao norte.

Controle de gastos

Não existe regra que determine quanto você vai (ou deve) gastar em uma viagem. Normalmente, os turistas já saem do país com as passagens e o hotel pagos, o que facilita na hora de fazer uma programação.

É essencial que se tenha planejamento e um limite de custos. Assim você não deixa de adquirir o que deseja e, como consequência, não corre o risco de sofrer com a chegada da fatura do cartão de crédito.

A melhor época para visitar Miami:

Falando exclusivamente de Miami, o local oferece um excelente clima durante o ano todo. No entanto, prefira viajar durante a primavera e o outono do hemisfério norte, assim é possível aproveitar a mistura entre dias mais longos e uma menor probabilidade de chuva.

Please rate this

Brasileiros aproveitam Copa do Mundo para viajar para Miami

Nem a Copa do Mundo serviu para diminuir a vontade dos brasileiros de viajar para Miami. Impulsionados pelo alto preço na hospedagem e transporte aéreo no Brasil, muitos deles aproveitaram o período para curtir as férias por lá.

copa do mundo miami destino mais buscado

Um levantamento realizado durante o mês de junho pelo site de vendas e pesquisas de pacotes de viagens, o Kayak.com, mostrou que embora a procura pelas cidades-sede da Copa do Mundo tenha aumentado, Miami continua liderando o ranking de intenção de viagem dos brasileiros.

Mas não é só das cidades brasileiras que nossa querida Miami passou na frente, não. A cidade praiana ganhou também de Nova York, Orlando, Las Vegas, Madri, Paris e até Londres! Nem as gigantes européias foram páreo e, ao que tudo indica, viajar para Miami continua sendo o grande sonho dos brasileiros.

O destino concentra milhares de atrações em um só lugar: os shoppings e outlets são muito procurados por seus preços baixíssimos que fazem a cabeça de quem quer se jogar nas compras durante as férias; dá para curtir praias com águas cristalinas e areias branquinhas, especialmente agora em julho, verão no hemisfério norte; e há muitas opções de parques e passeios para fazer com crianças. Para completar, por estar muito próxima do caribe, as pessoas em Miami têm um jeito muito parecido com o nosso – não a toa muitos brasileiros optaram por se mudar de vez para lá.

Aliás, se você é um dos que vão viajar para Miami durante a Copa do Mundo, mas ainda assim não quer abrir mão de acompanhar os jogos do Mundial, dê uma olhada no post que preparamos com dicas de bares para assistir aos jogos. Há vários lugares que são pontos de encontro de brasileiros que estão em Miami, para você torcer pela seleção se sentindo em casa.

Boas férias e boa sorte para o Brasil!

 

Please rate this

Hotéis em Miami apostam em inovações para o verão

Para atrair cada vez mais visitantes nesta temporada de verão no Hemisfério Norte, os hotéis em Miami estão apostando em inovações, com novas opções abrindo e reformas.

No início do mês que vem, abre o Vintro Hotel & Kitchen, localizado no coração de Miami Beach, um dos passeios imperdíveis em Miami. Com 50 quartos, o hotel butique terá um bar no lobby, restaurante e terraço ao lado do canal. Na cobertura, há um deque com piscina e solário. O lado gastronômico, que conta com o chefe Giorgios Nikolas Bakatsias, reconhecido como “Outstanding Restauranteur” pela James Beard Foundation, será destaque deste hotel.

hotéis em MiamiUm dos melhores hotéis em Miami passou por uma reforma milionária para a temporada. O Courtyard Cadillac, que fica em frente à praia, investiu US$ 25 milhões para construir uma nova torre de energia e 93 quartos de frente para o mar. O hotel também terá um novo bar, o Lounge Deville, e a área da piscina será totalmente renovada.

Agora, o grande destaque é o Mondrian South Beach, também em Miami Beach. A rede de hotéis-residence (flats de luxo) se inspirou no castelo da Bela Adormecida, revisto no novo sucesso da Disney “Malévola” para o projeto de 70 unidades residenciais.

Com metragens que vão de 49 m² a 110 m², são apartamentos de um ou dois dormitórios, tipo estúdio ou cobertura, que custam a partir de US$ 300 mil. No hotel, o castelo da princesa ganha vida. A fim de alcançarem a elegância e sofisticação dos tempos medievais, todas as residências entraram recentemente em um processo de renovação que deve ser finalizada no segundo semestre de 2014. Para a nova decoração, foi usada uma paleta de cores que combina cinza, ouro, preto e branco, que garante boa iluminação ao local, além de revestimentos de parede personalizados, tapetes e mobiliário novo.

hotéis em MiamiCom vista para a baía e o oceano, os imóveis possuem características que os brasileiros adoram: são amplos, possuem grandes janelas – muitas com abertura para varandas, quartos com camas individuais (queen ou king-size), cozinha com parede azulejada, banheiros com pias grandes e lustres assinados pelo renomado designer holandês, Marcel Wanders, que se inspirou na história da princesa Aurora para decorar as áreas comuns do hotel-residence.

Em homenagem ao salão principal do castelo, Wanders decorou o lobby do Mondrian com mobília exuberantes e de grandes dimensões. Para destacar os móveis sofisticados, foi instalada uma grande escadaria elíptica que leva ao mezanino de eventos e às salas de reunião. Um restaurante cinco estrelas, um SPA, uma academia com vista para a baía de Biscayne, uma marina privada, piscinas e jardins luxuosos que contam com um labirinto de sebes completam as áreas-comuns que remetem ao filme da Disney.

Além dos novos hotéis em Miami, no verão haverá também ofertas de passeios na cidade

Outro atrativo para o verão é o Summer Saving Pass, que agrega entradas ilimitadas para os principais passeios na cidade, como o Miami Seaquarium, Museum of Discovery & Science e o Zoo Miami com apenas um passe até 30 de setembro.

Please rate this

Venha curtir o Spring Break em suas férias em Miami

Se você esta vindo para Miami entre Março e a Páscoa, não espere mais para fazer sua reserva de hotel.

Spring Break em Miami
Você sabe o que significa Spring Break? São as férias escolares das escolas americanas. Em uma tradução livre podemos chamar de ‘Férias da Primavera’. Para os americanos é uma época muito esperada, mas para os brasileiros é uma época de preocupações, principalmente para quem descobre que estará em Miami nesta época.

Em Miami já não há mais baixa temporada. A cidade está sempre cheia. E no Spring Break em Miami a cidade fica ainda mais  lotada! São milhares e milhares de crianças e adolescentes que invadem os hotéis, parques, shoppings e atrações da cidade.

Se engana quem pensa que são só os americanos. Essas férias acontecem em outros países, tais como: Canadá, China, Coréia do Sul, Japão, Taiwan, México e United Kingdom. Ou seja, há público também desses países que invadem Miami, principalmente os japoneses.

Qual é a época do Spring Break? Depende. Cada escola tem uma data, mas pode acontecer entre fevereiro e abril. O mês de março normalmente é o mais cheio, mas a partir do final de fevereiro você já começará a notar a cidade mais cheia.

Para viajar nesta época é preciso paciência e antecedência. Quem deixa para reservar carro e hotel em cima da hora poderá não encontrar disponibilidade. E, quando encontra, os valores estão mais altos do que a média.

Miami fica completamente lotada e é normal encontrar fila de duas horas em algumas atrações. A Flórida de um modo geral fica lotada, pois os americanos fogem do frio. E nada melhor do que ir para Miami, Orlando ou arredores. É muito agradável.

Se você está planejando uma viagem para Miami nessa época escolha fevereiro ou então final de abril.

Boa viagem!

Please rate this